Senso crítico – Definição, principais características e como desenvolver

0
483

Dentro de uma sociedade, existem formas de transmitir uma informação ou ideia. Da mesma maneira, existem formas com as quais as pessoas aceitam, ou não, essa informação. Quando um grupo de indivíduos questiona o que é transmitido, e busca outras fontes para adquirir respostas, dizemos que a pessoa possui senso crítico.

Ou seja, o senso crítico é denominado como a capacidade de analisar determinada situação de maneira racional. Com isso, as pessoas buscam saber a verdade – sobre política, economia, etc, – baseados em questionamentos e reflexão sobre o assunto.

De forma geral, a capacidade de senso crítico é desenvolvida por meio de estudos, sendo melhorada conforme a pessoa pratica. A prática, neste caso, vem por meio de livros, leituras sobre diversos assuntos que circundam o mundo, além de reconhecer as diversas possibilidades de uma mesma situação.

Características do senso crítico

Em síntese, as principais características que resumem o senso crítico estão pautadas na capacidade de questionar, analisar os fatos e não aceitar informações sem buscar novas fontes. Geralmente, a pessoa que desenvolve senso crítico não aceita qualquer informação de primeira sem que esta seja analisada de forma racional.

Se pararmos para pensar, a educação que rege alguns países do mundo é construída justamente para “bloquear” essa capacidade racional nas pessoas. Assim, podemos perceber que, cada vez mais, as formas para se obter algo são facilitadas e não exigem esforços. Com isso, vamos perdendo a capacidade de questionar ideologias e aceitamos as coisas como são impostas.

Para quebrar com esse ciclo de ideologias dominantes, o senso crítico precisa ser desenvolvido. Isso porque, com a capacidade de questionar racionalmente, as ações impostas por meio de tradições e dogmas não são aceitas de maneira fácil. Dessa forma, os comportamentos e modos de agir passam a ser questionados em busca de diferentes respostas para uma mesma questão.

Como desenvolver senso crítico?

A capacidade crítica sobre determinado assunto é desenvolvida por meio da prática. Com isso, está diretamente ligada com a educação. Ou seja, é preciso ler, buscar informação, questionar as fontes, se perguntar o por quê das coisas. Assim, uma das maneiras de adquirir conhecimento crítico é acompanhar noticiários de credibilidade, publicações, etc.

Com isso, passe a perguntar o por quê das situações. As perguntas são uma das formas de estruturar o pensamento crítico. Além disso, é por meio das perguntas que análises jutas e plurais podem ser feitas. Portanto, também é necessário reunir a maior quantidade de informação e pesquisar de forma mais aprofundada sobre cada tema.

Além disso, é importante conversar com pessoas que possuem opiniões diferentes e iguais à você. Dessa forma, é mais fácil estabelecer pensamento crítico analisando os diversos lados de uma mesma situação. A partir disso, fica mais fácil opinar e questionar com base nos conhecimentos adquiridos.

Senso crítico x senso comum

As pessoas que questionam e analisam os fatos com base em pesquisas e de forma racional possuem senso crítico. Assim, são pessoas que não aceitam as informações de forma absoluta sem antes analisar todas as questões que envolvem o assunto.

Porém, quando uma pessoa aceita o que é passado sem que haja questionamento ou análise racional representa o senso comum. Neste caso, o senso comum é baseado em conhecimentos que foram adquiridos ao longo da vida, que não dependem de reflexão.

O senso comum está presente em dogmas, opiniões, conhecimento popular, troca de experiências, etc. Ou seja, é um tipo de conhecimento que não utiliza de processos reflexivos para se obter a verdade. Enquanto isso, o senso crítico é pautado na racionalização dos fatos e na utilização de pesquisas e argumentação.